Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Administração

O novo Projeto Pedagógico, aprovado na reunião do CONSEPE, no dia 17 de outubro de 2014, versa sobre o Curso de Administração da UFERSA, que busca formar administradores para atuar nos diversos setores da sociedade, atendendo aos pressupostos legais e regimentais e seguindo a missão da Instituição. Trata-se do terceiro Projeto Pedagógico do Curso, o primeiro foi formulado para o início do curso, em 2006, e o segundo em 2009. Percebeu-se a necessidade de reformular o Projeto Pedagógico mediante a consolidação do corpo docente, assim como a repercussão do funcionamento da estrutura do curso na medida em que as turmas foram concluídas. A partir desses parâmetros, identificou-se a necessidade de repensar o curso para atender às demandas e expectativas da comunidade interna e externa à UFERSA.

O Projeto Pedagógico do Curso de Administração, de 2009, foi construído em um momento em que o corpo docente ainda estava em processo de contratação, e aqueles que já estavam na universidade haviam chegado há pouco tempo, sem uma visão mais consistente do contexto do curso na UFERSA.

Passados sete anos da criação do Curso e cinco anos da construção da proposta do Projeto Pedagógico do Curso de Administração – PPC-ADM, e considerando que:

  • O quadro de docentes está praticamente completo;
  • Sete turmas já se formaram;
  • Os docentes interagiram com a universidade e as organizações da região;
  • O curso já foi avaliado pelo MEC;
  • Os alunos participaram da prova do ENADE, em 2012;
  • Os docentes estão no processo de qualificação (doutorado),

O Núcleo Docente Estruturante – NDE do Curso, avalia que há um acúmulo de experiências e informações para reconstrução do PPC por parte dos atores do processo (docentes e discentes).

A elaboração do documento conta com a participação dos docentes, discentes, egressos e técnicos administrativos envolvidos com o curso. Pesquisas sobre a atuação profissional dos egressos, as temáticas investigadas nos trabalhos de conclusão de curso e estágio supervisionado e as demandas dos alunos matriculados viabilizaram desde a concepção do perfil do aluno, a identificação das competências necessárias para a atuação desse profissional até a construção da grade curricular.

Procedimentos realizados para reconstrução do PPC

A perspectiva de reconstrução está orientada por um processo de participação ampla dos agentes envolvidos em que o resultado do processo culminou em um texto produzido coletivamente. Como se trata de um processo de reconstrução, as ações estão pautadas em trabalhar com avaliação/reconstrução, ou seja, ao mesmo tempo em que se avaliou essa trajetória orientada pelo projeto em vigência, buscaram-se os caminhos de sua reconstrução.

A seguir são expostas as fases realizadas entre janeiro de 2013 a outubro de 2014. No primeiro momento, houve uma reunião com o Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso para que pudesse estabelecer e aprovar a metodologia de reconstrução. Depois de aprovada, sugeriu-se o encaminhamento da metodologia para a assembleia do curso (composta por todos os docentes do curso e representante discente) para que o processo fosse legitimado e já se pudesse indicar responsabilidades para etapas da reestruturação. Em consequência, a Comissão de Sistematização formada para consolidar os trabalhos oriundos dos diversos coletivos. A seguir são apresentadas etapas realizadas ao longo do processo, quais sejam:

OBJETIVOS DO CURSO, PERFIL DO EGRESSO E VOCAÇÃO

O ponto inicial do debate foi embasado na discussão da identidade do Curso, atualmente, representada nos objetivos do curso e perfil do egresso. A Assembleia de Docentes e o Coletivo Discente por cada semestre (os discentes foram entrevistado de forma coletiva com o auxílio do Centro Acadêmico de Administração e membros do Programa de Educação Tutorial – PET – de Gestão Social) discutiram sobre os pontos fortes e fracos do texto vigente e teceram proposições de inclusão e exclusão à concepção atual no PPC-ADM. Além dessa discussão pontual, esses coletivos indicaram ainda, eixos transversais que orientaram, no momento seguinte, a discussão dos componentes curriculares. Tais contribuições foram consolidadas pela Comissão de Sistematização, e posteriormente foram encaminhadas à Assembleia do Curso para que o documento fosse apreciado e aprovado.

Eixos temáticos

Em paralelo à discussão dos objetivos e perfil do egresso, foram constituídos grupos temáticos (GTs) que elaboraram textos sobre os temas que deram sustentação filosófica, conceitual e operacional ao PPC-ADM. Os grupos foram indicados pela Assembleia do Curso e o resultado deste trabalho foi encaminhado para a Comissão de Sistematização.

REDAÇÃO INTERMEDIÁRIA DO PPC-ADM

As contribuições desses coletivos deram origem a um texto inicial do PPC-ADM que foi debatido pela Assembleia de Docentes e representante Discente. O resultado desse debate foi encaminhado novamente para a Comissão de Sistematização que fez uma nova redação do texto e encaminhou para a aprovação da Assembleia do Curso. Por fim, o texto foi encaminhado ao Colegiado do Curso para aprovação final e pré-análise da estrutura curricular.

VERIFICAÇÃO DA CONSISTÊNCIA COM O PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL (PPI)

Anterior a apreciação e aprovação da versão final do PPC pela Assembleia, NDE e Conselho de curso, ajustes foram realizados após a verificação da consistência com o PPI da UFERSA.

ORGANIZAÇÃO DOS COMPONENTES CURRICULARES

De posse das concepções gerais do PPC-ADM, elaboradas na etapa anterior, os Coletivos por Área de Conhecimento debateram e propuseram o elenco de disciplinas consideradas necessárias para viabilização da proposta. Além da ementa e bibliografia de cada componente curricular este coletivo produziu um texto que relacionava cada um deles com os objetivos e perfil do curso, como também evidenciando interfaces com os componentes de outras áreas.

Para sistematizar este processo, foram escolhidos responsáveis por grupos de disciplinas básicas, profissionais e complementares, que tinham a tarefa de organizar as indicações de disciplinas e seu ementário, bem como fomentar o processo de discussão. Eventualmente, foi demandado que o Conselho de Curso fosse intermediador de diálogos com professores, de forma a legitimar o compromisso e interesse de docentes alinhados às demandas do curso.

Depois de cada coletivo elaborar suas propostas todos se reuniram e conciliaram o conjunto de componentes para propor a semestralização, pré-requisitos, interfaces entre componentes, carga horária, dando origem a uma estrutura curricular.

Essa estrutura foi submetida a uma Assembleia Geral do Curso para debate. O resultado desse processo (tanto das discussões dos Coletivos por Área de Conhecimento, quanto da Assembleia) foi encaminhado para a Comissão de Sistematização que além de incluir ao PPC-ADM a matriz curricular, elaborou um texto sobre sua lógica de construção.

Ao longo do processo de construção, foram realizadas as seguintes reuniões e etapas, a saber:

Datas Reuniões e atividades realizadas
15 de janeiro de 2013 NDE – metodologia de reconstrução do PPC
23 de janeiro de 2013 Assembleia do cursoDiscussão dos grupos temáticos coordenados pelos seguintes professores: 1- estado da arte do conceito de administração (Yákara)2- contexto regional de uma proposta de formação de administradores  e acompanhamento dos egressos (Agostinha)
3- concepção de ensino, ensino semi-presencial (20% ensino à distância), aprendizagem e avaliação (Lílian)
4- indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão/ interdisciplinaridade (Elisabete)
5- Estágio curricular, TCC e atividades complementares (Ana Lúcia)
6- Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Administração (Marcos Fernando)

A operacionalização desses grupos se deu de forma presencial ou virtual, conforme procedimento do moderador.

Em paralelo eram discutidos os OBJETIVOS DO CURSO, PERFIL DO EGRESSO E VOCAÇÃO.

06 de fevereiro de 2013 Comissão de sistematização – Discussão sobre os OBJETIVOS DO CURSO, PERFIL DO EGRESSO E VOCAÇÃO
Fevereiro de 2013 Os membros do PET e do Centro Acadêmico consultaram e discutiram com os alunos de todos os períodos OBJETIVOS DO CURSO, PERFIL DO EGRESSO E VOCAÇÃO. Em seguida, os discentes elaboraram relatórios que foram encaminhados à comissão de sistematização.
18 de fevereiro de 2013 Os nomes da comissão de sistematização foram definidos: Yákara Vasconcelos Pereira Leite, Lílian Caporlíngua Giesta, Elisabete Stradiotto Siqueira, Inacia Girlene Amaral, Ana Lucia Brenner Barreto Miranda e Reginaldo Santos Júnior
25 de fevereiro de 2013 Comissão de sistematização – Discussão e fechamento dos OBJETIVOS DO CURSO, PERFIL DO EGRESSO E VOCAÇÃO
04 de março de 2013 Assembleia do curso – Apreciação e aprovação da versão preliminar do PPC com os objetivos do curso, perfil do egresso e vocação
28 de maio de 2013 Comissão de sistematização – aprovação dos textos elaborados nos GTs.
25 de junho de 2013 Assembleia – aprovação dos textos com GTs com alterações propostas pela comissão de sistematização
04 de julho de 2013 Aprovação pelo conselho do curso do texto final pré-análise de matriz. Identificação dos eixos norteadores e divisão das discussões por grupos: disciplinas básicas e quantitativas, profissionais e complementares.
29 de julho de 2013 Início do trabalho dos grupos de disciplinas. A operacionalização desses grupos se deu de forma presencial ou virtual, conforme procedimento do moderador. Recomendou-se o uso de um formulário específico para essa operação. Algumas decisões tiveram que ser homologadas pelo conselho antes da consolidação pelo grupo responsável.
23 de outubro de 2013 Comissão de sistematização – Apresentação das atividades realizadas e pendentes dos grupos de trabalho; atualização do novo cronograma de atividades.
30 de outubro de 2013 Reunião com os egressos convidados via rede social, para opinar acerca da matriz.
11 de novembro de 2013 Comissão de sistematização junto com coordenadores de área deliberaram sobre pontos de conflito, distribuir responsáveis por pendências, reorganização de cronograma e demandas dos egressos para aprimorar o curso.
22 de novembro de 2013 Assembleia do curso – decidir sobre pontos de conflito e demandas da Comissão de sistematização
22 a 31 de janeiro de 2014 Adequação da versão completa do PPC-ADM ao Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da UFERSA
04 de fevereiro de 2014 Reunião – Apreciação do PPC-ADM pela Assembleia do curso
05 de fevereiro de 2014 Reunião – Apreciação do PPC-ADM pelo NDE
10 de fevereiro de 2014 Reunião – Apreciação do PPC-ADM pelo Conselho de Curso
11.02 a 09.04 de 2014 Realização de ajustes finais realizado pelo Conselho de Curso
10 a 14 de abril de 2014 Análise final do PPC-ADM pelos membros no NDE e Conselho de Curso
14 de abril de 2014 Envio do PPC-ADM à PROGRAD (memorando 12/2014) e Divisão de Registro Escolar (memorando 13/2014)
03 de julho de 2014 Recebimento de feedback da Divisão de Registro Escolar
04 de julho de 2014 Recebimento do parecer emitido pela PROGRAD
05 a 13 de julho de 2014 Realização dos ajustes solicitados pela PROGRAD e elaboração da minuta de resolução com a alteração da estrutura curricular
13 de julho de 2014 Envio da minuta de resolução para alteração da matriz curricular à PROGRAD
14 de julho de 2014 Envio da versão ajustada e revisada à PROGRAD
16 de julho de 2014 Aprovação da nova versão do PPC e da minuta de resolução com a alteração da estrutura curricular pelo Conselho de Curso de Administração
28 de julho de 2014 Recebimento de feedback da Divisão de Registro Escolar
31 de julho de 2014 Aprovação do novo PPC e da minuta pela assembleia do DACS
17 de setembro de 2014 Exigências do parecer do DCV e DCEN pelo CONSEPE
24 de setembro de 2014 Reunião com a chefia do DCEN e o grupo da Matemática
01 de outubro de 2014 Recebimento do memorando do DCV com a aprovação do PPC e da minuta de resolução
02 de outubro de 2014 Reunião com a chefia do DCEN e o grupo da Ciência da Computação
17 de outubro de 2014 Aprovação do novo projeto pedagógico e matriz curricular no CONSEPE

 

TEXTO FINAL DO PPC-ADM

Por fim, a sistematização desse processo deu origem a uma versão preliminar do PPC-ADM discutida em sua integralidade pela Assembleia Geral do Curso. As discussões ocorridas neste coletivo foram remetidas à Comissão de Sistematização dando origem a Proposta de PPC-ADM que foi apreciada e deliberada pelo NDE e Colegiado de Curso. Para em seguida, encaminhar para análise da PROGRAD e da Divisão de Registro Escolar, antes de submetê-la ao CONSEPE.

8 de outubro de 2014. Visualizações: 628. Última modificação: 28/06/2015 10:58:27