Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Administração

Grupos de Estudos

Para o ano de 2014 os Grupos de Estudos terão uma abordagem diferente do ano de 2013. Para este ano, os petianos se encontrarão com o professor debatedor da própria Universidade em que debaterão o texto proposto antecipadamente pelo professor da área. Com data previamente agendada haverá o encontro com todos os bolsistas do PET – Gestão Social, a professora e tutora Elisabete Stradiotto Siqueira, o professor convidado, além de toda comunidade acadêmica que tenha interesse em participar. O debate tem o intuito de fortalecer a base teórica dos membros do PET e possibilitá-los a criação de artigos científicos. Segue o cronograma para os debates:

 

DebateCidadania, Classe Social e Status
AutorThomas Humphrey Marshall
Data: 18 e 19 de fevereiro de 2014
Debatedor: Prof. M. Sc. Rafael Lamera Cabral

O objetivo deste minicurso é recuperar a linhagem tradicional dos Direitos Sociais para, a partir da Constituição de 1988, operacionalizar um ponto de inflexão no atual estado da arte dos direitos de cidadania (sem sentido lato sensu). Como surgiu, qual seu desenvolvimento histórico, quais avanços, retrocessos e para que servem Direitos Sociais? Esses, certamente, serão passos a serem trilhados nesse minicurso.

Debate: As Empresas, as instituições e o desenvolvimento brasileiro
Data: 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de maio de 2014
Debatedor: Prof. Dr. Ângelo Magalhães Silva

A realização do Evento foi uma parceria entre o PET – Gestão Social e o GEDEV – Grupo de Estudos Desenvolvimento e Violência

Obs.: Esse debate foi realizado sem leitura prévia de texto, mas através de indagações propostas pelo professor no decorrer da debate.

Debate:Gestão Social e Transformação da Sociedade
Autor: Professor Ladislau Dowbor
Data: 20 de agosto de 2014
Debatedora: Prof. Dra. Elisabete Stradiotto Siqueira

O artigo fala sobre um sistema alternativo mais amplo do que o conceito de classes redentoras, burguesa para uns, proletária para outros, que dominou o século XX. Como o autor escreve em seu resumo, a questão analisada é que enquanto áreas produtivas dispõem de sólido acúmulo teórico sobre gestão – taylorismo, fordismo, toyotismo, TQM, Kanban etc. – a área social não dispõe dos paradigmas de gestão correspondente, e fica oscilando entre burocratismos estatais ultrapassados e privatizações desastrosas. A debatedora do texto foi a Prof. Dra. Elisabete Stradiotto Siqueira.

 

20 de outubro de 2014. Visualizações: 497. Última modificação: 23/10/2014 17:52:48